Gratidão: Como os resultados científicos da gratidão ajudam você a viver melhor!

Gratidão: Como os resultados científicos da gratidão ajudam você a viver melhor!

Um dos assuntos mais badalados nos últimos anos na área de transformação pessoal tem sido a gratidão. A nova ciência da gratidão tem estudado e mostrado e, principalmente, comprovado os muitos… muitos benefícios que a prática da gratidão diária promove em nossas vidas.

Pesquisas mostram ganhos significativos nos campos da saúde, relacionamentos, prosperidade, enfim, há um ganho substancial, num raio de 360 graus em nossas vida, quando a pomos em prática em uma base consistente.

E eu falo “quando colocado em prática” por que, uma coisa é saber seus benefícios e entender que devemos ser gratos. Porém, outra coisa é, de fato, colocar em ação esse conhecimento regularmente.

Você pode até estar se perguntando agora mesmo: “Mas por que não colocar em prática, já que proporciona tantos benefícios?” Ou talvez você esteja pensado: “Isso é tudo uma grande bobagem”.

Bem, eu te digo que não é uma bobagem. Na verdade, isso é provado cientificamente pelo o maior especialista mundial na Ciência da Gratidão, o Ph. D, Robert A. Emmons.

Antes de continuar, gostaria de deixar bastante claro que quando me refiro a gratidão aqui, não estou falando de simplesmente dizer: “Obrigado”.

Mais sobre:

Como praticar Gratidão;
Exercícios de gratidão;
Obstáculos no caminho da Gratidão;
Os muitos benefícios científicos da Gratidão;
50 perguntas que vão ajudar você a se sentir mais grato.

O que é a gratidão?

Vou deixar você com essa frase que para mim representa muito bem:

“Gratidão como uma disciplina envolve uma escolha consciente…
É incrível como muitas vezes se apresentam ocasiões em que eu posso escolher gratidão em vez de uma reclamação.”
– Henri JM Nouwen

Assim como começar o Ano Novo com um objetivo fixo e claro, com uma meta ou com uma intenção de começar algo novo que proporcione verdadeira mudança de vida, exige uma boa dose de compromisso, a prática diária da gratidão também é um compromisso que exige dedicação e repetição.

Imagine que você tem um novo projeto para melhorar seu condicionamento físico. Pense em pegar um peso de cinco quilos pela primeira vez, levantar esse peso várias vezes, você vai se sentir bem durante esse exercício.

Porém, quando o seu corpo esfriar você vai sentir dores musculares em partes do seu corpo que você nem sabia que existiam.

Agora você tem uma escolha – você pode parar de se exercitar ou você pode continuar.

Ao escolher continuar, sua força aumenta. Com o tempo você pode levantar dez quilos ou passar para 15 quilos com facilidade.

Você rompe a barreira, você vence a preguiça e experimenta os frutos de um melhor condicionado e de uma saúde melhor.

É o mesmo processo com a prática consciente da gratidão. Pegue um caderno ou um diário e comece a escrever o seu próprio diário da gratidão pela primeira vez. No início vai ser difícil. Mas com o tempo você vai começar a se divertir com essa prática.

Você começa escrever suas bênçãos e isso faz você se sentir bem.

Mas, se você for assim como eu e a maioria das pessoas, não está acostumado a agradecer, logo faltará o que escrever. Os resultados não vão aparecer. Então, você pensa: “Isso é bobagem.”

Nesse ponto, você pode decidir continuar ou você optar por parar com sua prática. Você pode pensar: “Algo de bom vai acontecer”, então você pode persistir.

Você pode decidir continuar a escrever 5 coisas pelas as quais você é grato todos os dias.

Assim como acontece com o condicionamento físico o seu “músculo de gratidão” fica mais forte a cada dia.

Agora se torna fácil perceber dez ou quinze razões para você ser grato todos os dias.

Então, quando algo ruim acontece, sua primeira reação é achar algo que você possa apreciar por sua própria escolha. Você não vai responder tragicamente como a maioria faz. Pois você moldou uma nova atitude.

Você começa a experimentar os frutos da gratidão – uma atitude melhor, menos estresse, relacionamentos mais fortes e muito mais saudáveis.

Muitos pensam que se sentir grato é só mais uma emoção. Mas na verdade, a gratidão é uma atitude escolhida. É uma escolha consciente. É reconhecer e admitir.

A nova ciência da gratidão

Por muitos séculos filósofos e teólogos escreveram sobre a gratidão como uma virtude do espírito humano. O tema tem sido levado por uma esfera mais elevada da humanidade. Quase sempre ou mesmo sempre, associado à espiritualidade ou religião.

De fato, as pessoas mais religiosas, normalmente, parecem ser mais gratas. Ou pelo menos para exercer mais uma linguagem de apreciação. Mas essa característica não é, e não precisa ser exclusiva das pessoas religiosas.

A Ciência tem entrado no campo da gratidão dando indícios convincentes dos muitos benefícios de sermos gratos. O que você precisa fazer para experimentar tais benefícios é cultivar uma atitude de gratidão, e a ciência vem mostrando vários métodos e técnicas para que possamos desenvolver uma atitude mais grata.

Mais que uma virtude adorável, a ciência muitos fatos que comprovam os muitos benefícios para nossa saúde e felicidade.

Uma das práticas mais recomendadas para que deseja desenvolver uma atitude de mais grata é escrever um diário de gratidão.

O que você precisa fazer para experimentar esses benefícios? Seja grato de pensamento, linguagem e comportamento.

Robert A. Emmons, psicólogo social e pesquisador da Universidade da Califórnia, Davis, juntamente com seu colega, Michael McCullough, psicólogo da Universidade de Miami, descobriram em seus experimentos provas científicas que o cultivo sistemático da gratidão promove benefícios: psicológicos, físicos e interpessoais.

Complemente sua leitura com o artigo: Os muitos benefícios científicos da Gratidão.

Por que a gratidão é importante?

Por que é tão importante praticar a gratidão?

Bem, pesquisas mostram que pessoas gratas tem inúmeros ganhos pessoais com a prática consciente da gratidão.

Entre esses muitos benefícios estão: vidas mais felizes, muito melhor qualidade na saúde, qualidade de vida e maior produtividade. Consequentemente, maior renda.

É muito importante praticar a gratidão, quando a vida está caminhando bem, mas muito mais importante ainda é exercer a prática, quando a vida não está indo tão bem quando se gostaria.

Nos últimos anos, estudos tem mostrado e comprovado que as pessoas gratas tem mais longevidade e também melhores rendimentos.

Muitas vezes as pessoas associam isso quase como a algo místico. Mas não é. As pesquisas que isso é comprovado, é real. É palpável e é uma escolha consciente.

É importante praticar a gratidão se você deseja ganhar mais dinheiro, se você deseja viver com mais conexões reais, com mais saúde, se você quer ser mais feliz.

A gratidão cria e proporciona laços sociais mais fortes. Seu casamento poder ser mais duradouro e gratificante, se você fizer desta, uma prática constante.

Por tudo isso é importante trabalhar a prática da gratidão consciente. Se eu puder lhe recomendar o desenvolvimento de um único hábito, hoje, eu recomendo a prática da gratidão consciente.

Se você deseja se aprofundar muito mais nesse assunto, acesse agora o programa: A Gratidão Transforma.

Os benefícios da gratidão

Os benefícios da gratidão

No livro Agradeça e Seja Feliz, de Robert A. Emmons, são relatados vários benefícios adquiridos com a prática constante da gratidão. Entre esses benefícios estão:

  1. Mais saúde. Talvez esse ganho se dê por que com a prática, as pessoas relataram que passavam mais tempo em atividades físicas, isso por si só já é um benefício;
  2. Vida mais longa. Bem, isso é até esperado. Já que as pessoas estão se exercitando mais e estão com mais saúde, a tendência é que vivam mais, mesmo.
  3. Reforço nos laços sociais. Os estudos mostram que as pessoas gratas são melhores companhias. O que colabora, claro, para fazer e fortalecer seus laços sociais.
  4. Casamentos mais duradouros. Ora, se as pessoas gratas são melhores companhias e constroem laços mais fortes, é de se esperar que seus casamentos durem mais. E isso é cientificamente comprovado. Os casamentos de pessoas gratas tendem a durar mais e são mais felizes.
  5. Mais felicidade. Obviamente, com tantos ganhos, psicológicos, físicos e interpessoais é lógico que as pessoas só poderiam ser muito mais felizes.
  6. Redução na taxa de depressão. Talvez a doença mental que mais se fala nesse século seja a depressão. Contudo, os experimentos de Emmons, demostrou que a prática sistemática da gratidão consciente, combate a depressão.

Bem, diante de tantos benefícios, você consegue ver algum motivo para não ser grato?

O poder da gratidão

Bem, diante de todos esses benefícios apresentado até aqui, você ainda tem dúvidas do poder da gratidão?

É inegável que a gratidão tem poder para mudar vidas. E, de fato, tem feito isso ao redor do mundo.

Você pode restaurar sua saúde, apenas cultivando uma atitude de gratidão.

Você pode pode transformar seu casamento. Se seu casamento já está bem, maravilha! Mas e se ele estiver meio balançado? Se estivesse passando por um período meio complicado? Desenvolver essa atitude e colocá-la para trabalhar em sua vida pode reestruturar seu casamento. E o mesmo vale para qualquer outra relação.

Se as coisas não estão saindo como você gostaria, preste mais atenção às coisas boas ao seu redor e comece imediatamente a agradecer.

Talvez você, como a maioria das pessoas, ache muito difícil agradecer quando tudo parece desmoronar à sua volta, mas agradeça! Sempre há algo para agradecer. Encontre esse algo e seja grato.

Seus motivos para dar graças podem ser seus filhos, netos, pais, esposo ou esposa, namorado ou namorada. Talvez você possa ser grato por ter um emprego, mesmo que você ainda não receba tão bem como gostaria. Agradeça!

Para se aprofundar ainda mais nesse tema, acesse agora o programa: A Gratidão Transforma.

Gratidão na Bíblia

Gratidão na Bíblia

Antes da gratidão começar ser tratada como uma ciência, os escritos sobre o tema era mais de cunho filosófico ou religioso. E eu não sou um perito em Bíblias, mas as poucas leituras que fiz, percebi que há bastante passagens de gratidão e também de ingratidão.

Existem salmos e orações de gratidão. Eu particularmente acho que sua oração, tem que ser pessoal, caso contrário é só um amontoado de palavras repetidas. Quando você faz a sua oração com suas próprias palavras você se envolve, e é isso que conta. O seu sentimento é mais importante que a repetição das palavras.

Se você deseja se aprofundar no poder da oração, eu recomendo que leia o livro: As Lei Dinâmicas da Orações. O Segredo de Todas as Realizações, de Catherine Ponder.

Bem, aqui eu quero compartilhar com você o salmo 65:

1 O louvor te aguarda em Sião, ó Deus;
os votos que te fizemos serão cumpridos.

2 Ó tu que ouves a oração, a ti virão todos os homens.

3 Quando os nossos pecados pesavam sobre nós, tu mesmo fizeste propiciação por nossas transgressões.

4 Como são felizes aqueles que escolhes e trazes a ti para que vivam nos teus átrios!
Transbordamos de bênçãos da tua casa, do teu santo templo!

5 Tu nos respondes com temíveis feitos de justiça, ó Deus, nosso Salvador, esperança de todos os confins da terra e dos mais distantes mares.

6 Tu que firmaste os montes pela tua força, pelo teu grande poder.

7 Tu que acalmas o bramido dos mares, o bramido de suas ondas, e o tumulto das nações.

8 Tremem os habitantes das terras distantes diante das tuas maravilhas;
do nascente ao poente despertas canções de alegria.

9 Cuidas da terra e a regas;
fartamente a enriqueces.
Os riachos de Deus transbordam para que nunca falte o trigo, pois assim ordenaste.

10 Encharcas os seus sulcos e aplainas os seus torrões;
tu a amoleces com chuvas e abençoas as suas colheitas.

11 Coroas o ano com a tua bondade, e por onde passas emana fartura;

12 fartura vertem as pastagens do deserto, e as colinas se vestem de alegria.

13 Os campos se revestem de rebanhos, e os vales se cobrem de trigo;
eles exultam e cantam de alegria!

Exercícios de gratidão

Conclusão

Todos nós temos muitos motivos para agradecer. A grande questão é que nós costumamos nos concentrar muito mais em reclamar do que em reconhecer e apreciar aquilo que temos.

Mas a boa notícia é que você pode fazer um esforço consciente para fazer dessa prática um hábito em sua vida. Na verdade, a gratidão deve ser um estilo de vida. Você não deve apenas dizer: obrigado. Você deve viver essa virtude. Não é fácil, mas é possível e recomendado.

Existe poder na gratidão. Ponha esse poder ao seu favor. Seja grato em experimente uma vida extraordinária.

Bom, se você está sério em transformar sua vida para melhor, eu recomendo que acesse agora mesmo o programa: A Gratidão Transforma.

Sobre o autor | Website

Meu propósito é intencionalmente inspirar e capacitar as pessoas para aumentar a sua autoconfiança, descobrir o seu propósito de vida e conquistar os seus sonhos mais ousados, a fim de nos transformar no melhor que podemos ser, de dentro para fora.

Baixe GRATUITAMENTE Magnetismo de saúde e riqueza!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!