Gratidão Valderlei de Jesus

Os quatro benefícios da gratidão, e como você começar a praticar gratidão agora mesmo!

Os quatro benefícios da gratidão, e como você começar a praticar gratidão agora mesmo!

Quais são os benefícios da gratidão deliberada? Será que existe, de verdade, algum benefício concreto, cientificamente comprovado?

Precisa de alguma motivação para praticar a gratidão?

Robert Emmons, o maior especialista do mundo científico sobre a gratidão, revela que a gratidão tem inúmero benefícios para os nossos corpos, nossas mentes e nossos relacionamentos. Indo ainda mais profundo, a gratidão também tem enormes benefícios sobre nossa vida financeira.

Então se você ainda não pratica a gratidão em base regular, sugiro que comece agora mesmo a fazer uso deliberado dessa prática e deleitar-se com os enormes benefícios da gratidão.

Todos nós deveríamos tirar algum tempo para praticar a gratidão. Um tempo para reconhecer pelo que nós somos gratos. É um gesto simpático, é claro, mas por que não fazemos isso?

Ou melhor, por que devemos começar a expressar gratidão imediatamente?

Por que é tão bom praticar a gratidão?

Desde que li o livro O Segredo, eu tenho estudado os efeitos da gratidão sobre a saúde física, sobre o bem-estar psicológico e sobre nossos relacionamentos com os outros. E principalmente os benefícios da gratidão para a prosperidade.

Embora meus estudos tenham sido dirigidos muito mais para o lado filosófico e religioso, agora já podemos encontrar fundamentos cientifico que provam os benefícios da gratidão em nossas vidas. Em todas as áreas da vida.

Comprovação cientifica

Comprovação cientifica

Em uma série de estudos, Robert A. Emmons e seus colegas têm ajudado muitas pessoas, sistematicamente, cultivar a gratidão, geralmente por manter um “diário de gratidão” no qual anotam regularmente as coisas pelas quais são gratas. Para uma descrição desta e de outras formas de cultivar a gratidão, clique aqui.

Manter um diário de gratidão e outras práticas de gratidão muitas vezes parecem tão simples e básico que a grande maioria das pessoas ignoram tais práticas, por não saberem o quanto poderosas essas práticas simples podem ser.

Em seus estudos e pesquisas Robert Emmons descobriu que, muitas vezes as pessoas mantêm um diário de gratidão por apenas três semanas. E, no entanto os resultados são grandiosos.

Em um estudo com mais de mil pessoas com idades de 8 a 80 anos, descobriu-se que as pessoas que praticam gratidão regularmente relatam consistentemente uma série de benefícios mensuráveis em suas vidas.

Vamos citar aqui alguns desses benefícios:

Físicos

Fortalece o sistema imunológico;

Menos incomodo por dores;

Baixa pressão arterial;

Pessoas gratas se exercitam mais e cuidam melhor da saúde;

Dormem mais e melhor e se sentem mais revigorados ao acordar;

Psicológicos

Pessoas gratas mantem um nível superior de emoções positivas;

Mais alertas, vivas e despertas;

Mais alegria e prazer;

Mais otimismo e felicidade;

Sociais

Pessoas gratas se sentem mais úteis, são mais generosas e tem mais compaixão;

Pessoas gratas são mais propensas a perdoar;

São melhores companhia;

Pessoas gratas são menos solitárias, menos isoladas.

Os benefícios da gratidão

os benefícios da gratidão

Os benefícios sociais são especialmente significativos, porque, afinal de contas, a gratidão é uma emoção social. Eu vejo isso como uma emoção fortalecedora dos relacionamentos porque nos obriga a ver como nós temos sido apoiados e ajudado por outras pessoas ao longo de nossas vidas. Nossas carreiras, nossos projetos em um momento ou outro foi apoiado por alguém e teve a contribuição de alguém.

Na verdade, a gratidão é uma emoção do coração. Essa emoção se estende para regar todas as outras esferas.

Robert A. Emmons afirma que gratidão tem dois componentes.

Primeiro, é uma afirmação da bondade. Afirmamos que há coisas boas no mundo, afirmamos que ao contrário do que se pensa, existem, sim, pessoas boas, observamos presentes e benefícios que temos recebido ao longo da vida, sem nem mesmo ter feito algum esforço para conseguir tal ganho.

Isso não quer dizer que a vida seja sempre perfeita, sem problemas, que não existe contratempos, ou que devemos ignorar nossas queixas, encargos e aborrecimentos. Mas quando olhamos para a vida como um todo, a gratidão encoraja-nos a identificar uma certa quantidade de bondade em nossa vida.

Quando focamos na gratidão podemos então, nos desapegar de nossas queixas e agradecer por tudo de bom que recebemos.

A segunda parte da gratidão é descobrir de onde essa bondade vem. Nós reconhecemos as fontes dessa bondade como sendo fora de nós mesmos.

Ela não resulta de qualquer coisa que, necessariamente, nós fizemos, da qual poderíamos ter orgulho. Mas vem de outros para nós. Mesmo que nem mesmo conhecemos esses outros.

Podemos apreciar traços positivos em nós mesmos, mas a verdadeira gratidão envolve uma humilde dependência dos outros. Nós reconhecemos que outras pessoas, ou poderes ainda maiores, se você é de uma comunidade espiritual, nos deu muitos presentes, grandes e pequenos, para nos ajudar a alcançar a bondade em nossas vidas.

Conheça aqui o programa a gratidão transforma e mude sua vida para sempre.

Porque praticar a gratidão?

Porque praticar a gratidão?

Então, o que está realmente por trás nossos resultados, porque a pesquisa revelou que a gratidão pode ter esses efeitos transformadores na vida das pessoas?

Certamente, há várias razões importantes que contribuem para os resultados quase mágicos adquiridos com a prática da gratidão. Mas aqui vamos destacar quatro em particular.

1# Gratidão nos permite celebrar o presente.

As pessoas que vivem em um estado de gratidão, vivem no momento presente, embora possam ser gratas por eventos passados ou futuro.

Ela amplia as emoções positivas.

As pesquisas sobre a emoção mostram que as emoções positivas se desgastam rapidamente.

Os nossos sistemas emocionais gostam de novidade. Eles gostam de mudanças. Nós nos adaptamos às circunstâncias da vida. Por isso queremos sempre o próximo carro, o próximo iphone, e em um extremo traímos o nosso cônjuge.

Por que uma vez que tenha comprado o carro novo, o celular do memento, uma casa nova, pouco tempo depois essas coisas já não são novas, deixam de ser novidades. Nós nos adaptamos e elas, nós nos acostumamos a elas, caem no costumeiro, deixam de ser tão excitante como eram antes.

Mas a gratidão nos faz apreciar o valor dessas coisas em nossas vidas, agora, e quando nós apreciamos o valor de algo, podemos extrair mais benefícios a partir dessa mesma coisa, estamos menos propensos a tomar tudo como certo e damos o devida valor às dádivas recebidas.

A gratidão nos permite participar mais na nossa própria vida. Notamos mais os aspectos positivos, o que amplia os prazeres que você percebe da vida. Em vez de nos adaptar a bondade, nós celebramos a bondade.

Passamos tanto tempo assistindo coisas, filmes, telas de computador, esportes, mas com gratidão essas coisas se tornam mais presentes em nossas vidas.

2# A gratidão elimina as emoções negativas.

As emoções negativas, como inveja, ressentimento, pensamentos negativos, são emoções que podem destruir nossa felicidade. Um dos vários benefícios da gratidão age justamente nessa área. É impossível você se sentir grato e negativo ao mesmo tempo. Você não pode nutrir o sentimento de inveja enquanto cultiva a gratidão.

Há ainda evidências recentes, um estudo de 2008 pelo psicólogo Alex Madeira no Journal of Research in Personality, mostrando que a gratidão pode reduzir a frequência e duração dos episódios de depressão.

Isso faz sentido: você não pode sentir inveja o depressão e ser grato ao mesmo tempo. Eles são sentimentos incompatíveis.

Se você é grato, você não pode ressentir-se com alguém por ter algo que você não tem.

São diferentes maneiras de se relacionar com o mundo. A pesquisa realizada por Robert Emmons, Michael McCullough e Jo-Ann Tsang tem provado que as pessoas que têm níveis elevados de gratidão têm baixos níveis de ressentimento e inveja.

3# Pessoas gratas são resistentes ao estresse.

Há uma série de estudos que mostram que, em face de trauma grave, adversidade e sofrimento, se as pessoas têm uma disposição a ser gratas, elas vão se recuperar mais rapidamente.

A gratidão dá às pessoas uma perspectiva a partir da qual elas podem interpretar eventos negativos da vida e se proteger contra o stress pós-traumático e ansiedade duradoura.

Isso mostra que as pessoas que sofrem de estresse, se começassem a praticar a gratidão em uma base consistente poderiam mudar suas completamente.

Clique aqui para colocar a ciência da gratidão para trabalhar em sua vida.

4# Pessoas gratas têm um maior senso de autoestima.

As pessoas que carregam consigo um sentimento de gratidão são mais bem resolvidas. Essas pessoas têm sua autoestima elevada. Talvez porque quando você é grato, você tem a sensação de que alguém está olhando por você, alguém tem proporcionado o seu bem-estar, ou se nota uma rede de relacionamentos, passado e presente, de pessoas que são responsáveis por ajudá-lo a chegar onde você está agora.

Seja como for, a verdade é que a gratidão é tudo de bom.

Uma vez que você começar a reconhecer as contribuições que outras pessoas fizeram a sua vida, uma vez que você perceber que outras pessoas têm visto valor em você, você pode transformar a maneira como você se vê. Isso só contribui para você ser mais grato.

O que mantem sua autoestima lá em cima. E você está pronto para realizar mais em sua própria vida.

A gratidão transforma. Conheça o método PASSO A PASSO que está transformando vidas em apenas 33 dias.

Desafios para a gratidão absoluta

Desafios para a gratidão absoluta

Só porque a gratidão é boa, não significa que é sempre fácil. Praticar a gratidão pode estar em desacordo com algumas tendências psicológicas profundamente arraigadas em muitos nós.

Um deles é o “viés de autosserviço.” Isso significa que quando as coisas boas acontecem para nós, assumimos que é por causa de algo que fizemos, mas quando coisas ruins acontecem, culpamos outras pessoas ou as circunstâncias.

A gratidão realmente vai contra o viés de autosserviço, porque quando nós somos gratos, damos crédito a outras pessoas por suas contribuições ao nosso sucesso.

Quando somos gratos, assumimos sim a responsabilidade por nosso sucesso, pelo o que realizamos, mas também alargamos a nossa gama de atribuição. Dizemos: “Bem, meus pais me deram essa oportunidade.” Ou, “Eu tive professores. Eu tinha mentores. Eu tinha irmãos, colegas e outras pessoas que me ajudaram ao longo do caminho.”

Isso é muito diferente de um viés de autosserviço. Onde EU fiz isso, e pronto.

Gratidão também vai contra a nossa necessidade de nos sentirmos no controle do nosso meio ambiente. Às vezes com gratidão você só tem que aceitar a vida como ela é, e ser grato pelo que você tem.

Finalmente, a gratidão contradiz a hipótese que diz que nós temos o que merece na vida.

As coisas boas acontecem a pessoas boas, coisas ruins acontecem a pessoas más. Mas isso nem sempre funciona dessa maneira, não é? Coisas ruins acontecem com pessoas boas e vice-versa.

Com gratidão, vem a constatação de que temos mais do que merecemos.

Certamente você já recebeu algo que não esperava e nem mesmo se achava merecedor. E isso acontece para o bom e para o ruim.

Mas é uma coisa boa que nós não temos só o que merecemos, ou tudo o que merecemos.

Eu certamente sou grato porque recebo muito mais do que eu mereço.

Isso vai contra a mensagem espalhada em nossa cultura: “Que nós merecemos toda a sorte que vem em nosso caminho”.

Se você merece tudo, se você tem direito a tudo, torna-se muito mais difícil ser grato por qualquer coisa.

Cultivar a gratidão

Cultivar a gratidão

Porque estes desafios a gratidão podem ser muito difíceis de superar, as pessoas perguntam muito sobre como podemos ir além de apenas, ocasionalmente, nos sentir mais gratos, para realmente nos tornarmos uma pessoa mais grata.

Bom, existem muitos meios para nos tornarmos mais gratos. Mas o primeiro passo é cultivar a gratidão em uma base diária.

Você pode ler livros como A Magia de Rhonda Byrne e Agradeça e seja feliz de Robert A. Emmons, de onde eu tirei a base para escrever este artigo.

E se você quiser se aprofundar ainda mais e verdadeiramente transformar sua vida para sempre, acesse agora mesmo o método A GRATIDÃO TRANSFORMA.

Devo acrescentar, porém, que, apesar de que eu tenho estudado a gratidão há pelo menos 2 anos, eu não sei de tudo, e ainda acho que eu tenho que colocar um monte de esforço consciente para praticar a gratidão.

É fácil cair no mindset da negatividade. Mas estes são alguns dos passos específicos que eu gostaria de recomendar para você ser capaz de superar os desafios para uma vida grata e realmente aproveitar dos benefícios da gratidão.

Práticas recomendadas

Práticas recomendadas

Primeiro, mantenha um diário de gratidão, como eu mesmo tenho o meu. Isto significa listar apenas dez coisas pelas quais você é grato a cada semana.

Esta prática funciona porque, conscientemente, concentramos intencionalmente nossa atenção no desenvolvimento de um pensamento mais grato e em eliminar pensamentos ingratos.

Ela ajuda a proteger contra a atitude de tomar as coisas como concedidas. Em vez disso, vemos os presentes na vida como novo e excitante.

Eu acredito que as pessoas que vivem uma vida de gratidão generalizada realmente experimentam a vida de forma diferente do que as pessoas que se enganam na vida por não se sentir grato.

Da mesma forma, outro exercício de gratidão é a prática de contar suas bênçãos em uma base regular, talvez a primeira coisa a fazer na parte da manhã, talvez à noite. Pelo o que você é grato, hoje? Você não tem que escrevê-las no papel, apenas pense sobre isso.

Você também pode usar lembretes para praticar a gratidão, o que pode ser particularmente eficaz no trabalho com crianças, que não são tão pensadores como os adultos.

Por exemplo, uma mulher junto com sua família desenvolveu esta prática colocando dinheiro em “potes de gratidão.” No final do dia, eles esvaziaram seus bolsos e colocavam suas moedas ali no frasco. Eles tinham um lembrete regular, uma rotina, para levá-los a se concentrar repetidamente na gratidão. Então, quando o frasco ficou cheio, eles deram o dinheiro contido nele para uma pessoa carente.

Práticas como esta não só pode ensinar às crianças a importância da gratidão, mas pode mostrar que a gratidão impele as pessoas dar aos outros, em alguma medida, como eles mesmos têm recebido.

Finalmente, eu acho que é importante pensar fora da caixa quando se trata de gratidão.

Madre Teresa falou sobre como estava grata ao povo que estava ajudando, os doentes e moribundos nas favelas de Calcutá, porque lhe permitiu crescer e aprofundar sua espiritualidade. Essa é uma maneira muito diferente de pensar sobre gratidão. Normalmente agradecemos por receber. Mas aqui expressamos gratidão pelo que podemos dar, não pelo o que recebemos.

Mas isso pode ser uma maneira muito poderosa, de cultivar um sentimento de gratidão.

Bom, essa é nossa contribuição para hoje. Espero que você tenha gostado e já tenha muitos insights para praticar a gratidão em base diária em sua vida.

Para aqueles que desejam ir muito além, e se aprofundar nos benefícios da gratidão, fica minha recomendação do programa A GRATIDÃO TRANSFORMA.

Sobre o autor | Website

Meu propósito é intencionalmente inspirar e capacitar as pessoas para aumentar a sua autoconfiança, descobrir o seu propósito de vida e conquistar os seus sonhos mais ousados, a fim de nos transformar no melhor que podemos ser, de dentro para fora.

Baixe GRATUITAMENTE Magnetismo de saúde e riqueza!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!