Metas Valderlei de Jesus

Definição de Metas para equilibrar sua vida.

Definição de Metas para equilibrar sua vida.

Na nossa busca para atingir todos os nossos objetivos até o ponto de atingir nosso o objetivo de vida, muitas vezes não conseguimos controlar nossa paixão e a deixamos se tornar uma obsessão esmagadora que assume nosso estilo de vida e até mesmo consome nossa saúde.

Neste ponto, tudo o que buscamos não se tornará tão importante quanto a nossa vida.

Em outras palavras, temos que equilibrar nossa vida, desde alcançar nossos objetivos a os outros aspectos importantes, como nossa saúde, família, amigos e lazer. Apesar de tudo, “o trabalho durante todo o dia e nenhuma diversão faz de Jack um menino maçante ou talvez até um menino doente”.

Estabelecer metas para esses aspectos de nossa vida é tão importante quanto os outros objetivos que buscamos alcançar. Ao gastar menos tempo ou esforço nesses aspectos, nosso progresso no trabalho também pode ser afetado.

Será um desafio inevitável equilibrar todos eles, pois estaremos muito ocupados para tudo, mas todos os progressos positivos em qualquer parte de nossas vidas, certamente, nos fortalecerão para criar melhorias adicionais em outros aspectos.

Saúde

Quando a saúde está ausente, a sabedoria não pode revelar-se, a arte não pode se manifestar, a força não pode lutar, a riqueza se torna inútil e a inteligência não pode ser aplicada.

– Herófilo

Um clichê, repetido em várias versões de citações, serve para nos lembrar que, sem o nosso bem-estar, simplesmente não podemos ser produtivos no trabalho, aproveitar o tempo com a nossa família e amigos.

Nossa saúde é o aspecto mais importante que não podemos negligenciar em qualquer idade em que estejamos.

Praticar um estilo de vida saudável irá melhorar a qualidade de nossas vidas e daqueles que nos rodeiam. Não só aumentará a produtividade, mas também prolongará a nossa vida.

Por mais ocupados que possamos está, temos que manter uma alimentação saudável e (ocasiões especiais são exceções!), nos exercitar o suficiente e dormir o suficiente.

Seria um desperdício de nossos esforços para alcançar nossos objetivos de vida se não estivermos saudáveis ​​o suficiente para desfrutar a doçura de nossas vitórias por mais tempo.

O Poder das Metas.

Família e amigos

Os seres humanos são criaturas sociais, que não podem viver sem um único relacionamento com os outros. Como tal, todo ser humano é socialmente dependente um do outro para sobreviver desde o nosso nascimento.

Tudo começou com nosso relacionamento com nossas mães que nos deram à luz e depois se expandiu para os outros membros da família, e depois amigos e amantes, e assim por diante.

Mas, quão importante é nossa vida social?

Ser socialmente saudável é tão importante quanto ser saudável mental e fisicamente. Passar um tempo de qualidade com nossa família e amigos é uma das necessidades sociais de uma pessoa média de qualquer idade.

Após um longo dia de negócios ou trabalho, não basta voltar para a TV, seu telefone ou qualquer dispositivo eletrônico. Tente se conectar com as pessoas e prestar atenção às suas vidas.

Converse com seus familiares com mais frequência. Organize uma data com seu ente querido. Leve as crianças para uma viagem. Discuta um tópico com seus entusiastas.

Tenha um tempo para uma bebida com velhos amigos. Faça novos amigos no parque, no clube, etc. Faça algum trabalho voluntário ou de caridade aos idosos. Envie presentes de Natal para os órfãos.

A ideia de uma vida social saudável nos beneficia, pois nos afasta da depressão e do isolamento social, que pode afetar nossa saúde em um nível bastante sério.

Além de nossas necessidades sociais, estar envolvido em relacionamentos positivos atende às nossas necessidades emocionais. Quando nos cercamos de pessoas que não só entendem nossas necessidades de amar e ser amado, também ganhamos apoio social para nos ajudar a nos recuperar de nossas perdas em nossas vidas.

Relacionamentos e redes sociais sempre funcionam com base em dar e receber.

Por isso, esse apoio é um privilégio que recebemos de dar tanta atenção e esforço para manter relacionamentos positivos com as pessoas que nos rodeiam.

Como conclusão, definitivamente devemos nos cercar de pessoas que nos compreendem, encorajam e nos apoiam, enquanto trabalhamos também para apoiá-las com nossas forças e inspirações.

Passando algum tempo sozinho

Excesso de trabalho e sentir que você deu todo o seu tempo a todos, exceto a você, são sintomas de que você deve alocar algum tempo pessoal para aliviar o estresse e refletir sobre os principais aspectos de sua vida.

A vida social de alguém nunca é completa sem tempo, APENAS, para SI MESMO.

Enquanto as pessoas mais bem-sucedidas são tão apaixonadas que seu tempo pessoal se torna seu tempo de trabalho, muitos passam seu lazer com diferentes passatempos.

A quantidade de tempo gasto por cada um de nós varia, mas as intenções são semelhantes a maior parte do tempo, para destruição e recuperação das tensões de sua paixão, a fim de fazer o melhor quando voltarem a perseguir seus objetivos.

Ao passar algum tempo sozinho, não nos sentiremos desmotivados quando continuarmos a buscar os nossos objetivos. De fato, esse tempo para nós mesmos nos permite ser felizes e nos revigorar para novos desafios.

Esta é também uma oportunidade para nos recompensarmos quando atingimos um objetivo. Viajar pelo mundo, aproveitar um novo hobby, expandir os nossos conhecimentos em um determinado campo, ou mesmo apenas jogar videogames são várias formas de nos revitalizarmos.

Finanças

“Dinheiro é a raiz de todo o mal”. Isso só se aplica quando está nas mãos erradas. Em uma nota interessante, muitos de nós terminamos nossa educação primária e secundária sem nunca ter conhecimento do aspecto crucial das finanças pessoais em nossas vidas.

Somente na faculdade ou universidade que começamos a perceber que o controle financeiro sobre nossas vidas é fundamental para nossa sobrevivência na sociedade.

No entanto, estar ciente das boas práticas para controlar suas finanças e realmente praticá-las são os fatores que decidem se o dinheiro é realmente a raiz de todo o mal. Afinal, ele reflete nossas pontuações de crédito.

→ Acesse: O Poder das Metas.

Definição de Metas para equilibrar sua vida.

Definição de Metas para equilibrar sua vida.

Aqui estão os 10 bons hábitos para manter as finanças pessoais saudáveis:

1# Monitorar de receitas e despesas

Sem dúvida, este é o passo fundamental de qualquer planejamento e controle financeiro. Como uma pessoa média, o monitoramento não é tão complicado quanto o rastreamento das despesas, especialmente se as fontes de renda não são muitas.

O monitoramento das despesas requer alguma disciplina e consistência em nossos hábitos diários, como registrar o valor do dinheiro que gastamos, manter a conta dos cartões de crédito que pagamos, manter os recibos de nossas despesas, informações de empréstimos, registros de impostos e compras on-line, etc. …

Isso nos dá uma ideia melhor de nossas finanças pessoais e como isso pode nos ajudar a alcançar nossos objetivos, lembrando-nos de permanecer financeiramente saudáveis ​​ao não gastar mais do que nossos rendimentos.

2# Alocações prioritárias

Embora seja mais básico sugerir que devemos planejar nossos orçamentos, definitivamente há certas prioridades pelas quais devemos priorizar nossas finanças, quando recebemos nosso pagamento no final do mês, o primeiro passo será sempre alocar esses fundos para as prioridades que estabelecemos de acordo com nossos objetivos.

Esses fundos prioritários podem ser nossas economias, empréstimos, educação de nossos filhos, fundos de aposentadoria e investimentos.

Ao definir esse hábito como o primeiro passo do nosso orçamento, podemos descobrir o quanto sobra para gastar ou para se preparar para outras necessidades.

3# Fundos de emergência

Além dos seguros que podem cobrir certas quantidades de possíveis perdas em acidentes, é aconselhável manter até 10% de nossa receita mensal para uso de emergência.

Por exemplo, ter um acidente que pode nos afastar do trabalho significa que podemos utilizar esses fundos que já salvamos antes para nossas despesas diárias.

Como cenários surpresa, por definição, são bastante imprevisíveis, é melhor preparar o guarda-chuva antes de começara a chover.

4# Ficar longe dos créditos de juros altos ou totalmente fora das dívidas

Em algum momento de nossas vidas, pode ser quase impossível ficar livre de empréstimos. Devido a isso, temos que considerar os empréstimos com taxas de juros mais baixas que podemos solicitar para reduzir nosso pagamento.

Afinal, qualquer taxa de juros imposta ao principal é o principal rendimento do emprestador.

Pagar muito mais do que tomamos emprestado aumentará as despesas “desnecessárias”.

Além disso, alguns credores permitem pagamentos adiantados para que possamos terminar o reembolso antes do período de pagamento planejado. Nesse caso, podemos economizar nos juros do período de pagamento restante.

Permanecer livre de dívidas significa ganhar mais renda e também uma melhor pontuação de crédito que serve basicamente como um indicador do nosso estado financeiro saudável para os credores.

As pontuações de crédito saudável ​​nos permitem obter empréstimos mais facilmente no futuro (se realmente precisarmos).

5# Criando uma lista de compras e Compras Impulsivas

Comprar por impulso significa gastos desnecessários que reduzirão as flexibilidades de controlar suas despesas, pois também significa reduzir os gastos com os itens necessários.

Não devemos comprar itens de luxo quando não tivermos dinheiro extra e mesmo se quisermos, geralmente seria o dinheiro restante em nosso orçamento mensal depois de todas as nossas prioridades financeiras serem resolvidas.

Para controlar as compras impulsivas, é melhor escrever uma lista de itens que precisamos comprar para que aqueles que não estão na lista sejam considerados desnecessários.

Semelhante aos objetivos de longo prazo e curto prazo, sempre podemos economizar em itens de luxo, que só podemos pagar mais tarde.

6# Valor de compra

Nós sempre tendemos a garantir que nossas compras nos proporcionem o valor do nosso dinheiro e nenhum problema pós-venda.

Em circunstâncias particulares, às vezes é melhor pagar um pouco mais por produtos que efetivamente durarão mais do que comprar os mais baratos que devemos substituir ou reparar constantemente.

Em contraste, nem todos os produtos são melhores simplesmente porque são mais caros. Os preços desses produtos estão sujeitos a uma grande variedade de fatores, como competição, percepção do consumidor, qualidade dos materiais, custo dos métodos e etc.

Devemos procurar opiniões de especialistas e outros consumidores antes de comparar esses produtos um com o outro e decidir qual o melhor valor de acordo com nossas necessidades.

7# Investimentos

Somente a alocação de renda mensal para determinados investimentos não garante lucro e, portanto, todo investidor sábio planeja saídas oportunas de seus investimentos para evitar perdas.

Em outras palavras, devemos possuir conhecimentos suficientes e informações certas para investir em qualquer um dos vários instrumentos financeiros. Caso contrário, nós sofreremos perdas sem entender os motivos.

Por outro lado, devemos monitorar nossos fundos de investimento para evitar perdas, bem como aproveitar as boas oportunidades para obter mais lucros com nossos investimentos.

Uma maneira ainda mais segura de evitar perdas em nossos investimentos seria ter uma estratégia de saída, especialmente quando pudermos prever as circunstâncias.

8# Fundos de aposentadoria

Mesmo que os governos apliquem leis para que os funcionários e os cidadãos que trabalham para alocar fundos de aposentadoria, às vezes, não seria suficiente para viver com muita comodidade, especialmente se você deseja se aposentar em uma idade mais precoce.

Além disso, o que é bom para nós se prepararmos os fundos para que nossos filhos se formem na faculdade ou na universidade se acabarmos em situação financeira pobre quando nos aposentamos?

Ter um plano de aposentadoria é um objetivo de longo prazo que determina como gostaríamos de viver nossas vidas quando nos aposentarmos. Já pelo contrário, lutar para ter essa capacidade financeira em idade avançada significa que temos que atrasar nossa aposentadoria por mais alguns anos.

9# Aumento consistente dos rendimentos e investimentos

Uma vez que conseguimos aumentar nossa renda, não devemos esquecer que nossas economias e investimentos para nosso futuro também devem ser aumentados proporcionalmente.

Por exemplo, se a taxa de nossas economias por mês é 20% de nossa renda mensal de R$ 5.000. Isso foi traduzido para R$ 1000. No ano seguinte, nossa receita aumenta para R$ 6.000 e, portanto, as economias, com base em 20% de R$ 6000, devem ser de R$ 1.200.

No caso em que nossas despesas não são aumentadas em comparação com nossa renda, a renda extra significa mais flexibilidade de utilizar o nosso dinheiro.

Outra maneira de aumentar nossas economias é aumentar de 20% de nossa renda para 25% de nossa renda, mesmo quando não recebemos um aumento salarial.

10# Analisando a condição financeira e improvisando o orçamento

Com todas as medidas necessárias para gerenciar nosso status financeiro, muitas vezes negligenciamos a revisão de nosso desempenho financeiro em um determinado período de tempo.

As avaliações de nossa situação financeira geralmente são realizadas no final do ano ou no mês. Esse tempo geralmente é para ver se nossos planos foram executados com bastante força para nos ajudar a alcançar nossos objetivos financeiros.

Essa revisão nos ajuda a entender a eficácia de nossa gestão financeira e nos permite identificar os problemas e o espaço para melhoria.

Uma vez que terminamos de revisar, podemos prosseguir com os detalhes que podemos ajustar, organizar e recolocar para atender às nossas demandas financeiras para os próximos meses ou no futuro.

Aqui está um exemplo bastante otimista de improvisar o orçamento mensal:

Este mês será o último mês que você terá que pagar parcelas do seu carro.

Como você usou até 10% do seu salário para pagar as parcelas mensais do seu carro, você terá esse dinheiro extra que você poderia utilizar a partir do próximo mês em diante para outros fins.

Então, o que você fará com esse dinheiro extra?

Aumentar os fundos de aposentadoria?

Investir em ações?

Iniciar um negócio paralelo?

Ou recompensar-se?

Ter mais ou menos dinheiro significa que temos que repensar nosso orçamento.

No entanto, sempre haverá margem para melhoria, mesmo quando nosso desempenho financeiro corresponde ou excede aos nossos objetivos. Analisar nosso status financeiro com nossas expectativas fornecerá a melhoria muito necessária.

Paixão

Uma vez que alcançamos nossos objetivos financeiros, objetivos de negócios e objetivos familiares, na maioria das vezes, teremos esquecido a paixão que uma vez tínhamos quando éramos jovens e, muitas vezes, contemplamos isso se já é muito tarde para nós perseguir alguns de nossos sonhos que não eram realistas.

A resposta é, “é melhor tarde do que nunca”.

Devemos aproveitar todas as oportunidades para realizar os nossos sonhos, enquanto as nossas condições de saúde física e fitness ainda nos permite.

Muitas vezes, esse tipo de paixão pode ser muito diferente dos objetivos que estabelecemos para alcançar, porque pode não estar relacionado ao nosso cotidiano ou às pessoas que nos rodeiam.

Por exemplo, a maioria de nós adoraria viajar e explorar o mundo, mas falta o tempo e / ou o dinheiro para fazê-lo.

Depois de passar a maior parte da nossa vida tentando criar um futuro melhor para a nossa família e garantir a melhor educação para os nossos filhos, não teríamos níveis de energia suficientes para certas atividades, como esportes radicais (paraquedismo, escalada, automobilismo) ou esportes de contato (artes marciais mistas, futebol, basquetebol).

Para não perder essa paixão emocionante, mantivemos essas atividades particulares como nosso lazer quando jovens e, portanto, devemos gerenciar nossa paixão para não afetar o equilíbrio de outros aspectos da vida.

Contribuição

“Ganhamos a vida pelo que recebemos, mas fazemos uma vida pelo que damos”.

– Winston Churchill

Devolver à sociedade não é meramente um ato de responsabilidade social, pois entendemos que a maior parte do que recebemos é indiretamente dada pela sociedade e pelos nossos ambientes.

Bondade e generosidade são os valores que queremos que a próxima geração possa herdar de nós. Também desejamos que nossos filhos compreendam que através desses atos de generosidade e bondade, podemos melhorar a vida das pessoas que nos rodeiam.

Manter esse aspecto em equilíbrio com nossa vida assegurará que nossos espíritos sejam nutridos e os significados de nossa existência se expandam além de nossa própria percepção para aqueles que nos recebem.

Afinal, nunca podemos definir nossas próprias vidas com apenas nossas realizações, pois sempre devemos justificar o significado de nossas conquistas para as pessoas que nos rodeiam também.

→ Acesse agora o E-book: O Poder das Metas.

Sobre o autor | Website

Meu propósito é intencionalmente inspirar e capacitar as pessoas para aumentar a sua autoconfiança, descobrir o seu propósito de vida e conquistar os seus sonhos mais ousados, a fim de nos transformar no melhor que podemos ser, de dentro para fora.

Baixe GRATUITAMENTE Magnetismo de saúde e riqueza!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!